Tableless

Busca Menu

Adobe e os Padrões Web

Seja o primeiro a comentar por

Depois que o Steve Jobs fez o favor de nos livrar do Flash em seus dispositivos, parece que a Adobe acordou e resolveu entender o que realmente ele estava querendo dizer. Em vez de tentar devorar o mercado com uma tecnologia proprietária, por que não ajudar uma comunidade e os padrões que já existem no mercado?

O pessoal da Apple fez isso com o Webkit. Eles tomaram emprestado o motor de renderização criado pelo pessoal do KDE – com o motor chamado KHTML – e fuçaram, mexeram, arrumaram, criaram e devolveram o resultado para a comunidade como um dos melhores motores de renderização que já existiu, o Webkit.

Em vez de criarem um motor novo, eles resolveram começar de uma base que já estava bem feita, pronta e organizada por uma comunidade forte. O KHTML e o KJS (motor de Javascript do KDE) permitiam o desenvolvimento mais fácil que as outras tecnologias do mercado e detalhe, tinha apenas 140.000 linhas de código! Era limpo e principalmente tinha um bom suporte com os padrões web.

A Adobe Macromedia, sem dúvida, revolucionou a web com a criação do Flash. Eu fui um dos doidos eufóricos quando eles mostraram uma linha se transformando em um circulo. Chorei sangue quando aprendi a manipular a timeline e fiz minha primeira animação. Não estou dizendo que o Flash é um lixo. Estou dizendo que o Flash fez o seu papel. Todo mundo achou que a Apple desistiria da decisão, mas não foi o que aconteceu. Eles se mantiveram firmes e isso, felizmente, agitou o mercado. Ajudou na divulgação da importância dos Padrões Web e impulsionou muito o HTML5 e o CSS3, que até então apenas o W3C e a comunidade estavam incentivando a sua utilização.

Depois da atitude da Apple de barrar o Flash de seus aparelhos, o que a Adobe faria? Quando a Adobe percebeu que seu software não teria vez, ela foi obrigada a seguir outro caminho. Graças ao grande senhor das montanhas indígenas extraterrestres, eles tomaram o caminho correto. A Adobe tem tido algumas iniciativas para ajudar os desenvolvedores a criarem websites melhores. Se não pode com eles, junte-se a eles.

Para você entender o que eu quero dizer, a Adobe criou um http://html.adobe.com para divulgar suas iniciativas para com a comunidade de desenvolvedores. As ideias expostas no site são sensacionais e eu, particularmente, quero muito que tudo se torne verdade. Separe um tempo e visite esse site. Você não vai perder nada.

Eles tem um software interessante que te ajuda a testar a responsividade do seu layout em diversos aparelhos e tem algumas sugestões de novos padrões que poderão nos ajudar demais em desenvolvimentos específicos. Leia sobre o CSS Regions e o CSS Shaders. Tem também o PhoneGap.

Parabéns para Adobe.

Publicado no dia