Tableless

Busca Menu

Implementar XHTML/CSS é grátis

Seja o primeiro a comentar por

Muita gente conhece a história do Tableless. Eu iniciei o Tableless quando estava aprendendo e me aprofundando nos Padrões Web. Meus estudos consistiam em dois momentos: ler e aplicar. Eu lia muito material de fora – quase não haviam fontes sobre Padrões Web aqui no Brasil – e depois tentava colocar na prática tudo aquilo que eu havia estudado.

No começo isso tudo foi muito fácil. Mas chegou uma hora que eu precisava fazer um layout inteiro. Eu não podia aplicar meus estudos nos layouts de clientes e também não tinha tempo para desenhar um layout modelo.
Por isso tive uma idéia: a maioria dos grandes sites ainda não eram desenvolvidos com Padrões. Tinham códigos horríveis e mal tratados. Pensei então em pegar estes grandes sites e reescrevê-los utilizando XHTML e CSS. Despreocupadamente eu fazia uma versão da home do site utilizando XHTML e CSS. Tentando aplicar os principios de semântica, tentando diminuir cada vez mais o código e deixando apenas o necessário. Quando percebi já tinha “convertido” sites da Microsoft, IBM, Apple, HP, Nokia, Samsung, etc… E o resto da história vocês já sabem.

Essa minha iniciativa me gerou um conhecimento terrível sobre o assunto. Eu sabia muito bem o que funcionava e o que deixava de funcionar em diversos tipos de layouts. Eu descobri que TUDO é possível com CSS, em uma época que todo mundo falava que ele era limitado.
A maior parte dos problemas que eu enfrentei de compatibilidades de browsers em layouts em projetos de clientes, eu já tinha solucionado nos layouts que implementei nos estudos. E isso foi ótimo. Eu me valorizei como profissional, e depois até me chamavam de especialista… Veja só que honra. Tudo isso, porque eu não fiquei de nhê nhê nhê como alguns por aí.

Como programar, implementar XHTML/CSS também é de graça! Não tem desculpa.
Não há nada que te impeça de sentar o bundão na cadeira e escrever código. Nada.
Mas aí você pode dar a desculpa de: “- Naquele tempo nenhum site era escrito nos padrões, hoje todos são Tableless!” E eu digo: “- E daí?”.
Será que são escritos de forma semântica? Será que não tem muito código? Não há solução melhor?

A minha revolta aqui é contra aqueles profissionais que não fazem questão de aprender mais. Que simplesmente fazem apenas o que mandam e não tem o desejo de mudar o mundo em nenhum sentido.

Publicado no dia