Tableless

Busca Menu

Introduzindo “Rich Cards”, um novo formato de resultados para Buscas

Seja o primeiro a comentar por

Como uma boa empresa de tecnologia, o Google parece fazer da necessidade de evoluir suas ferramentas uma “obsessão”.  Quando o assunto é mobilidade então, essa questão é um pouco superior.

Todo mundo sabe que a maneira de interagir em um resultado de busca depende muito de como as informações estão organizadas no topo. Temos uma tendência em clicar nos primeiros resultados, algo que o o próprio Google nos educou. Com os Dados Estruturados (Rich Snippets), temos uma nova forma de obter resultados relevantes, através de imagens, votação entre outros meios que certamente influenciarão nosso clique. Agora, o Google vai além e lança o que podemos chamar de uma evolução dos “Rich Snippets”, os “Rich Cards” (Cartões Ricos traduzindo ao pé da letra).

“Rich Cards” nada mais são do que um novo formato do resultado de uma busca, baseado no sucesso dos Dados Estruturados. Assim como os Dados Estruturados, os “Rich Cards” usam a estruturação do schema.org para exibir conteúdo em um formato ainda mais envolvente e visual, com o foco em oferecer uma melhor experiência ao usuário de dispositivos móveis.

Evolução do Rech Result Evolução da pesquisa de consultas: com “rich cards”, os resultados são apresentados em carrosséis que são fáceis de navegar por rolagem esquerda e direita. Carrosséis podem conter todos os cartões do mesmo site ou de vários sites.

Para quem tem seu próprio site ou quem trabalha gerenciando sites de pessoas/empresas, esta com certeza é uma nova oportunidade para de destacar nos resultados da pesquisa e atrair mais e melhores usuários para sua página. Por exemplo, se você tem um site de receitas, você pode agora construir uma visualização mais rica de seu conteúdo  com uma imagem de destaque para cada prato. Este novo formato visual ajuda os usuários a encontrarem o que eles querem de imediato, sem ter que ficar lendo a descrição para ver se aquela é realmente a receita que estava procurando, e assim garantindo que sua página de receita sobre bolo de cenoura realmente atraia pessoas interessadas em bolo de cenoura.

O Google está inicialmente mostrando os “Rich Cards” para duas categorias: receitas e filmes. Eles irão aparecer neste primeiro momento em resultados de busca móvel em Inglês para o google.com. É claro que esse não é um limitante para começar a estudar o assunto e implementar no seu site, afinal de contas, esse tipo de evolução é lançada para testes no google.com mas muito em breve deverá chegar ao Google Brasil, levando em consideração que o Brasil é um dos maiores mercados para o Google.

Por onde começar?
Claro que o Google não ia te deixar “abandonado”. Foi construído um conjunto abrangente de ferramentas e uma completa atualização da documentação do desenvolvedor para tornar proprietários e desenvolvedores de sites capazes de realizar as alterações inicias.

Explore os tipos de “Rich Cards” e identifique onde ajustar seu conteúdo
Você pode navegar em uma nova galeria com imagens (screenshots) e amostras de código de cada tipo de marcação. Clique aqui.

Testar e ajustar sua marcação
Segundo o Google, é altamente recomendável usar JSON-LD na sua implementação.

  • Descubra quais campos são essenciais  para marcar para que um “Rich Card” apareça. Aproveite também pois o Google listou campos adicionais que podem melhorar seus “Rich Cards”.
  • Veja uma pré-visualização na renovada Ferramenta de Teste de Dados Estruturados de como os “Rich Cards” podem aparecer nas buscas (atualmente disponível para receitas e filmes).
  • Use a Ferramenta de Teste para ver erros e ajustar sua marcação em tempo real.

ferramenta de teste de dados estruturados

Mantenha o controle na cobertura e depuração de erros
Veja como muitos dos seus “Rich Cards” são indexados no novo relatório de Pesquisa sobre “Rich Cards”.

Erros de Rich Cards

  • Mantenha-se atento para os erros (também listados no relatório de “Rich Cards”). Cada exemplo de erro é “linkado” diretamente para a ferramenta de Teste de Dados Estruturados para que você possa testá-lo.
  • Lembre-se de enviar um sitemap (mapa do site) para ajudar o Google a descobrir todo o seu conteúdo.

Encontre oportunidades de crescimento
No relatório de “Rich Cards”, você verá que eles podem ser melhorados/reforçados pela marcação de campos adicionais.

enhanceable rich cards

 

Monitor de desempenho
Um novo filtro “Rich Results” no Analytics (atualmente em beta fechado) irá ajudá-lo a controlar como seus “Rich Cards” e “Rich Snippets” estão trabalhando nas buscas. Você será capaz de ver os cliques e impressões para ambos.

Perguntas e Respostas
P: Posso manter meus “Rich Snippets” existentes?
R: Sim, você pode! Você será sempre informado pelo Google como o rico ecossistema de resultado evolui.

P: E sobre o relatório de Dados Estruturados no Search Console?
R: O relatório de Dados Estruturados continuará a mostrar apenas as entidades de nível superior para os “Rich Snippts” existentes (produto, receita, review, eventos, apps, vídeos, notícias) e para quaisquer novas categorias (por exemplo, filmes). O Google pretende migrar todos os erros do relatório de Dados Estruturados no relatório “Rich Card”.

P: E se eu usar de forma errada a marcação?
R: As orientações técnicas e de qualidade serão aplicadas para “rich cards” assim como são para “rich snippets”. O Google irá aplicá-las como antes.

Conclusões
Este é um serviço que demanda tempo e com certeza poucas pessoas estão interessadas e com disposição para realiza-lo. Claro que não preciso nem dizer que quem o fizer, terá seu site em destaque de forma “gratuita” e poderá fazer disso novos clientes, novas vendas e muito mais acessos ao seu website.

Para saber mais sobre “rich cards”, veja como foi a sessão do Google I/O 2016 que tratou sobre pesquisa neste ecossistema móvel. Não esqueça também de ver a Documentação do Desenvolvedor.  Se tiver mais perguntas, poderá encontrar mais respostas na sessão dedicada de dados estruturados no fórum do Google, no Twitter ou no Google+.

Qualquer dúvida ou informações adicionais, podem me enviar um e-mail (rodrigomfavaro@gmail.com). Será um prazer discutir esses assuntos com vocês. Até a próxima.

 

Fonte: Google Webmaster Central Blog

Publicado no dia