Tableless

Busca Menu

Mozilla libera primeira compilação do Servo, o seu motor de renderização

Seja o primeiro a comentar por

A lançou a primeira compilação de Servo, seu novo engine. Esta é a primeira demonstração que Jack Moffitt, líder do projeto na Mozilla, descreveu como “um mecanismo de navegação de última geração com foco no desempenho e robustez.”

Pacotes para o MacOS e Linux estão disponíveis para download aqui: Servo Developer Preview downloads. A Mozilla promete que os pacotes para Windows e Android estarão disponíveis “em breve” e você pode verificar todo o código fonte no GitHub. Viu por que eu gosto da Mozilla?

Para tentar facilitar a interação, a Mozilla fez este novo motor com uma interface totalmente HTML. Ele ainda não está totalmente compatível (tentei escrever este post, usando WordPress, pelo Servo, mas as telas ficam “meio” quebradas). A interface, por enquanto, está totalmente pelada. Não tem abas visíveis, não tem barra de endereço, não há sidebar, rodapé ou algo assim.

Moffitt disse que esta interface é “inteiramente escrita em HTML, CSS e JavaScript” e que “inclui muitas animações e interações ricas que você encontraria em aplicações nativas, mas que nem sempre funcionam bem em navegadores atuais.”

Em abril de 2013, a Mozilla e a Samsung anunciaram planos para desenvolver um engine da “próxima geração” usando a linguagem de programação Rust. Eles queriam reconstruir o navegador a partir do zero em hardware moderno, ignorando velhos pressupostos que tiveram que ser feitas antes multicore e hardware paralelo. O objetivo final na época era trazer a tecnologia para Android e ARM, mas que evoluiu desde então para um motor que está sendo desenvolvido para Windows, Mac OS X, Linux e Android. Como Moffitt falou antes, “Servo re-imagina a arquitetura do navegador no mercado moderna de computadores multi-core, GPUs e linguagens de programação mais seguras.”

Ainda assim, esta é apenas uma demo técnica destina-se a dar aos desenvolvedores uma chance de experimentar o Servo. Eventualmente, a Mozilla espera que o motor Servo “irá definir um novo padrão para de desempenho para engine web”.

Desde 2014 (sim, faz tempo) o motor Servo já passa no teste Acid2.

Eu tenho dúvidas, mas torço muito pela Mozilla. Meu browser principal é o Firefox e quero muito continuar contando com a privacidade e as facilidades que a Mozilla oferece. Mesmo assim, fico em dúvida sobre a performance do browser por conta da construção em JS e CSS. O Atom, editor de texto do GitHub, é feito usando JS, e é lerdo pra caramba. Mesma coisa para o Brackets da Adobe que é uma carroça. Vamos ver como ele vai se sair.

fonte: VentureBeat

Publicado no dia