Tableless

Busca Menu

Precisamos confirmar a senha?

Seja o primeiro a comentar por

Você deve me entender: formulários são muito chatos. Tanto para desenhá-los quanto para produzir código front-end. Mas cada vez que desenho um formulário, eu tento simplificar ao máximo. A inclusão ou a exclusão de um campo pode afetar a taxa de conversão ou causar um desinteresse do usuário ao produto. Mas um dos campos que sempre me deixa com a pulga atrás da orelha é o de “cadastramento de senha”.

O padrão que é utilizado são dois campos: um para digitar e o outro para confirmar a senha. E são nesses dois campos, que há um aumento da taxa de desistência do seu produto.

O problema

Muitos pensam que devem colocar o segundo campo de confirmação, para evitar o erro de digitação, já que os campos usam uma máscara nos caracteres. E é aí, que mora o problema.

Alguns usuários cometem erros de digitação e não sabe se errou no campo da senha ou no de confirmação. Este estudo constatou que o campo de confirmação foi responsável por mais de um quarto de abandono dos usuários. Feito isso, resolveram fazer outro teste sem o campo de confirmação e perceberam que houve uma diminuição de erros e um aumento na taxa de conversão de conclusão.

Não basta excluir

Excluir o campo de confirmação não irá resolver o problema por completo. O erro de digitação ainda persiste pelo uso da máscara nos caracteres, o que acaba gerando em problemas como: logar e pedir para redefinir a senha.

Visão do Superman

Uma boa maneira de resolver esse problema é dar a opção ao usuário de enxergar o que foi digitado.

Em seu Windows 8, a Microsoft adota o uso do ícone de um olho, para revelar a senha.

Uma outra maneira que está sendo adotado pelo o Android é a de revelar a senha usando um check box, acompanhado da frase “exibir senha”.

E você, concorda com tudo isso? Acha que devemos adotar isso como um padrão para o cadastramento de senhas?

Publicado no dia