<
Menu

Tableless



Imagem post: Opera experimentando o -webkit-

Opera experimentando o -webkit-

Opera suportando o prefixo -webkit-.

Eis que começou a bagunça.

Não importa o que o pessoal dos outros browsers falem, isso vai virar uma bagunça tremenda. Cada browser tem seu próprio prefixo. Os prefixos foram criados para facilitar a vida de todos os early adopters que queiram testar as novas features do CSS. O problema é que muitos desenvolvedores acabam utilizando apenas o prefixo -webkit- em seus projetos e por causa disso, os browsers como Firefox, IE e Opera estão pensando em suportar o prefixo do -webkit- além dos seus próprios. Isso daria margem para que a web fosse “controlada” por apenas um navegador. Foi aí que grande parte dos desenvolvedores começaram a se mobilizar para que os prefixos de outros browsers também fossem utilizados nos projetos… Leia mais sobre esse assunto aqui.

Parece que toda a apelação dos devs não está adiantando muito. A Opera se encheu e está experimentando o suporte do prefixo -webkit- no seu emulador mobile.

Vamos torcer para que os outros browsers não caiam na mesma besteira ou entrem em comum acordo de criar um prefixo único. Isso facilitaria as coisas, ou não.

Por Diego Eis

Diego Eis criou o Tableless para disseminar os padrões web no Brasil. Como consultor já treinou equipes de empresas como Nokia, Globo.com, Yahoo! e iG. É palestrante e empreendedor.

http://about.me/diegoeis/

Mais posts do autor

Comentários (7)

  • http://rickbenetti.com Rick Benetti

    Pronto agora descamba pra velha guerra, ou melhor a pior picuinha que poderia existir, espero mesmo que eles se juntem pra definir um padrão pra novos testes, mas ao invés de ficar brincando de EU aceito X funcionalidade que é algo do CSS3 porque não aceitam e fazem isso de uma vez por todas da forma correta sem prefixo algum.

  • Rodrigo Ribeiro

    Concordo com sua última indagação: porque não acabam com essa bobagem de prefixos? Nunca entendi a lógica disso, excetuando aqueles casos onda a sintaxe dos argumentos é diferente do padrão proposto na norma W3C, não faz sentido o uso de prefixos…

  • Derp

    a vá pa casa do internet explore!!!
    O que que a w3c ta esperando pra não oficializar de uma vez por todas essas propriedades?

    Eu bem que queria mesmo que houvesse apenas um browser mas queria que fosse o firefox e não a bosta do chrome….

  • joao henrique

     Não gosto do chrome tbm, e agora depois dessa “forçada de barra” gosto menos ainda.

  • Rodrigo Ribeiro

    Eu gostava muito do Firefox, *gostava*, porque das últimas versões pra cá, principalmente a mais recente, a raposa virou uma lesma obesa!!! Ontem mesmo ele tava consumindo + de 700 MB de RAM, com apenas 6 abas abertas. E lento, e lento…

    Quero mudar, mas não tem muita opção, por mais absurdo que isso soe: o Internet Explorer “utilizável” é o 10, que só está disponível no Win 8, por hora. O Safari pro Windows não é lá essas coisas e é lento também, o Chrome eu aboli já de cara (lembram do escândalo dos termos de uso dele?), o Google já bisbilhota demais o comportamento dos usuários de internet, agora imaginem com os usuários utilizando um navegador dele? No way… resta justamente o Opera… será ele a salvação da lavoura?

  • André Farzat

    Mas os prefixos servem exatamente para deixar explícito que a propriedade não está na sua versão definitiva. Digamos que ela está em beta testes, tanto que algumas possuem até formas diferentes de serem usadas por que uma equipe está testando de um jeito e outra de outro. Então, como o próprio Diego colocou no to texto, você está usando as propriedades por sua conta e risco.

  • André Farzat

    Mas os prefixos servem exatamente para deixar explícito que a propriedade não está na sua versão definitiva. Digamos que ela está em beta testes, tanto que algumas possuem até formas diferentes de serem usadas por que uma equipe está testando de um jeito e outra de outro. Então, como o próprio Diego colocou no to texto, você está usando as propriedades por sua conta e risco.