posts da categoria Back End

Teste de carga em APIs utilizando Artillery

Independente do produto que você esteja criando, é sempre importante assegurar a qualidade do mesmo fazendo uma bateria de testes antes de colocar no mercado. Se tratando de desenvolvimento de software, existem algumas métricas que são essenciais para deixar claro para todos os envolvidos no projeto, incluindo seus usuários, o quanto determinado sistema/aplicativo é confiável para suportar o uso do público. Dentro da área de qualidade de software, existem diversos tipos de testes que visam atingir o objetivo citado acima, de mostrar a todos que o produto é estável e robusto, alguns deles: teste de integração, teste unitário, teste de penetração, teste de regressão e por aí vai.

por Ulysses Marins

Silex 2 & Middlewares 101 – Parte 02

Olá devs! Tudo bem? Espero que sim! Estamos de volta com mais um post da série sobre o micro-framework Silex! Desta vez, vamos fazer uma parada para atualizar a versão do nosso micro-framework, para versão 2.*! A partir deste post vamos escrever baseada nesta versão e falaremos ao longo de cada post, sobre as principais diferenças em relação as versões passadas! Vamos lá!

por Nando Kstro Net

Adicionando SSL no NGINX com o Let’s Encrypt

O Let’s Encrypt é uma forma fácil, automatizada e gratuita de se inserir SSL em uma aplicação web. A utilização do SSL é bem importante quando se há autenticação, tráfego de dados privados ou até mesmo para ser melhor colocado no ranking do Google. Neste artigo vou demonstrar como gerar e adicionar o SSL no NGINX com a ferramenta Let’s Encrypt. Irei utilizar o sistema operacional Debian para executar os comandos, mas estes podem ser facilmente modificados para serem executados em qualquer distro.

por Sergio Rodrigues

Features que sua API REST precisa ter desde o início

Eu tenho trabalhado com dados suavemente flutuando através do protocolo http por um tempo e agora eu tenho esse sentimento altruísta de que eu posso contribuir com os desenvolvedores mais jovens com algumas histórias sobre os desafios que enfrentei durante a minha jornada. Este artigo basicamente tem o objetivo de listar e discutir sobre alguns pontos importantes que sua API, possivelmente, poderia abraçar desde o início do projeto, a fim de acelerar o processo de desenvolvimento para todos em sua equipe.

por Ulysses Marins

Criando aplicações portáveis entre diferentes SGBDs usando PDO(PHP Data Objects)

Quero apresentar nesse artigo as principais funcionalidades do PDO. PDO é uma biblioteca que implementa abstração ao acesso dos dados, ou seja, ela utiliza um driver específico, para cada SGBD (Sistema Gerenciador de Banco de Dados), tornando possível a portabilidade da base de dados de sua aplicação, sem que a mesma sofra danos ou que você passe horas e horas reescrevendo linhas e mais linhas de código. O primeiro passo é habilitar o driver do PDO no php.

por Anrahh

Upload de imagens desmistificado com simpleGallery.js

Upload, certamente, é uma parte difícil na programação, provavelmente você já teve problemas com isso. Por que não simplificar? Confira como o simpleGallery.js pode lhe ajudar nesta jornada.

por Fabio Carvalho

Construindo uma página com login no JSF

Vamos criar passo-a-passo um login utilizando o framework de Java - JSF. Conheceremos, também, as sessões do JSF e como interceptá-las.

por Julio Cezar Dourado

JPA de A à Z – Por que conhecer?

Não dá pra negar que o Java é uma linguagem bastante verbosa e quando falávamos em juntar o Java com um banco de dados ai sim dava pra ver o tamanho do problema. Se não tivéssemos cuidado era muito fácil perder o controle da complexidade de nossas entidades e consultas. Antes de entendermos sobre a JPA, é necessário entender que costumávamos utilizar em nossos projetos o JDBC (Java Database Connectivity) que é uma API presente no Java desde a versão 1.

por Mateus Malaquias

Você sabe paginar dados no MySQL corretamente?

O uso de uma simples instrução pode otimizar a performance de suas consultas ao banco.

por Adriano dos Santos Júnior

Vulnerabilidades em Sistemas Web

Uma das principais vulnerabilidades web se encontram na URL do site e nem todos os desenvolvedores têm conhecimento delas

por Marcus Aurelius

Por que utilizar Go/Golang no seu backend?

Com o respaldo dos criadores do Unix, UTF-8 e Google, a Golang promete ser rápida, simples e legível.

por Ulysses Marins

Silex Middlewares 101 – Parte 1

Os middlewares no Silex são utilizados para mudar o comportamento padrão do mesmo, os middlewares se mostram muito úteis quando pensamos na validação de tokens de acesso, save de logs e muitas outras tarefas. Basicamente temos dois tipos de middlewares, os de aplicação e os de rota.

por Nando Kstro Net

JPA Hibernate – Como funciona a anotação @version?

Recentemente um colega de trabalho me perguntou qual era função da anotação @version presente nas entidades aqui do projeto. Achei interessante essa pergunta e resolvi fazer da resposta o meu primeiro post no blog. Para responder essa de pergunta temos que lembrar que todo banco de dados possui um controle de concorrência entre transações (se necessário solicitem nos comentários que faço um post explicando a fundo sobre isso). Para esse post só precisamos conhecer o método de controle Optimistic concurrency control (controle de concorrência otimista).

por Mateus Malaquias

Criando aplicações CLI utilizando Node.js

Introdução As aplicações que se utilizam da linha de comando do Sistema Operacional são comumente chamadas de CLI Applications ou Command-Line Interface Applications. O que isto quer dizer? Estas aplicações só sofrerão alguma interação caso ela seja feita através de um Shell (BASH, DOS, ZSH, entre outros), mediante entrada de texto. Este tipo de aplicação é contrária as GUI Applications ou Graphical User Interface Applications, que permitem o usuário interagir com a aplicação através de ícones, disposição dos elementos na tela, utilizando-se do Mouse para isto.

por Igor Santana

Consumo eficiente de recursos computacionais de servidores de aplicação web com Node.js

Este artigo é o resultado de uma análise da plataforma Node.js, especificamente quando submetida a um alto número de acessos simultâneos, comparando os números dos indicadores de serviço e eficiência obtidos em testes de performance.

por Jamerson Bernardo

MySQL Essencial (parte 1)

O inicio e quem usa o MySQL O MySQL é um sistema relacional de gerenciamento de banco de dados de código aberto, que utiliza o SQL (Linguagem de consulta estruturada) como interface, é atualmente um dos bancos de dados mais populares na internet, mais de 10 milhões de instalações pelo mundo inteiro. Em Julho de 2013, foi considerado o segundo banco mais utilizado do mundo. Criado na Suécia por David Axmark, Allan Larsson e Michael “Monty” Widenius, a primeira versão surgiu em 23 de Maio de 1995.

por Claudio Melo

Novidade PHP 7 – Operador Null Coalesce

Existente em diversas outras linguagens, o operador Null Coalesce agora também faz parte da sintaxe do PHP 7.

por Eduardo Abreu

Constant Array no PHP 7

Com o lançamento do PHP 7, agora é possível criar constantes do tipo array (vetor).

por Rodrigo Brandão

Instalando Laravel 5.2

Como instalar e começar a utilizar o framework PHP Laravel 5.2

por Eduardo Abreu

Por que Python? (parte 2)

Por que escrever código Python é tão bom? Por que os programadores Python são tão apaixonados? Parte da resposta é a própria sintaxe da linguagem.

por Elcio Ferreira

Usando GIT para atualizar arquivos no servidor de hospedagem II – Final

Esta é a segunda e última parte do artigo que explica como fazer um esquema simples para deploy automático usando GIT + Bitbucket A mesma configuração pode ser usada em qualquer servidor GIT e qualquer serviço de hospedagem que tenha acesso via ssh e git instalado Se você ainda não leu a primeira parte, segue o link: http://tableless.com.br/usando-git-para-atualizar-arquivos-no-servidor-de-hospedagem No artigo anterior, criamos as chaves SSH para autenticação no Bitbucket, criamos um repositório GIT e manualmente executamos o comando | git pull | para atualizar o nosso repositório.

por João A. Zonta

10 Dicas Simples Para Acelerar Seu Site Até 278 Vezes

É fundamental que seu site seja rápido. Isso atrai e fideliza clientes. Veja aqui 10 dicas simples que podem acelerar seu site até 278 vezes

por Roberto Beraldo

Criando seu próprio servidor HTTP do zero (ou quase) – Parte Final

Na última parte deste tutorial, aprenda sobre threads e como transformar seu servidor para receber múltiplas conexões.

por thiguetta

Criando seu próprio servidor HTTP do zero (ou quase) – Parte III

Estamos entrando na terceira parte do tutorial, e quem está acompanhando até aqui já sabe então como funciona a comunicação entre cliente e servidor, envio de requisição pelo cliente e recebimento de resposta (na duvida só voltar e releia a Parte I e/ou Parte II), porém o que a gente quer é criar o servidor, receber as requisições e enviar a resposta ao cliente. O Servidor A idéia do servidor é bem simples e estende a do cliente, como assim?

por thiguetta

Por que Python?

Eu sou apaixonado por Python. Muito. Daquele tipo que fala de Python sempre que pode. E uma pergunta que sempre me fazem é: por quê? Vou tentar fazer uma lista dos motivos mais relevantes: 1. É muito bom escrever código Python Geralmente, quando alguém cria uma linguagem de programação, tem em vista um objetivo. Por exemplo, Lisp foi escrita para programação funcional. Java foi escrita para que o mesmo código pudesse rodar em qualquer lugar.

por Elcio Ferreira

Criando seu próprio servidor HTTP do zero (ou quase) – Parte II

Se chegou até aqui é por que você terminou de ler a primeira parte do tutorial (Caso não, leia a Parte I ), mas não desista, a parte legal vai chegar, mas antes de começar, falta mais um item de teoria – sim eu sei que é chato, mas juro que é importante – os Sockets. Sockets e portas Falamos muito de requisições e respostas no último post mas ainda não falamos de conexão e troca de informações.

por thiguetta

Criando seu próprio servidor HTTP do zero (ou quase) – Parte I

Sou apaixonado por tecnologias livres e como sou extremamente curioso, gosto de saber como as coisas funcionam. Como também sou cinestésico, não me contento em apenas em entender, tenho que criar, recriar, escrever, rescrever, inventar, reinventar, enfim sentir realmente como se faz. Nesse vai e vem de aprendizado, minha última curiosidade foi entender como os servidores HTTP funcionam e criar um do zero (ou pelo menos quase). É claro que para fazer isso eu não fui tão lá embaixo a ponto de utilizar C, utilizei da linguagem de programação da qual me sinto mais confortável e que já oferece algumas facilidades que em C teria que sangrar pra fazer o mesmo porém não impossível, mas enfim, optei por desenvolver em Java, os passos vou contar pra vocês aqui, mas utilizando os mesmo conceitos nada impede que utilize qualquer outra linguagem de programação.

por thiguetta

Teste automatizado de API com frisby e jasmine

O Frisby é um framework para teste de API REST que roda em cima do nodejs. Seu principal apelo é a facilidade em se fazer testes automatizados de API com o apoio do framework de teste BDD jasmine. Instalação: Pré requisitos: nodejs, npm. 1) jasmine-node. Instalação global. sudo npm install -g jasmine-node 2) frisby. Instalação local no projeto. sudo nam install --save-dev frisby Hello, World! Para o uso devemos instanciar seu módulo:

por rogerio dias moreira

O que há de novo no Rails 5

| Durante sua keynote no RailsConf 2015, DHH - o criador do framework, apresentou as novidades em andamento no projeto Rails e anunciou o lançamento da versão 5 para o último trimestre de 2015.

por João Almeida

Rotas dinâmicas no Silex

| Como trabalhar com rotas dinâmicas e métodos auxiliares no Silex PHP.

por Nando Kstro Net

Parse – Objetos na nuvem

Parse, um banco de dados, na nuvem, orientado a objetos.

por Gabriel Ramos

7 funções essenciais do PHP que você deve conhecer

Arranjos, datas, laços e outras práticas para facilitar a programação.

por Adriano dos Santos Júnior

Conhecendo e instalando o Silex

O Silex é um micro framework baseado nos componentes do Symfony, criado por Fabien Potencier e concebido para a criação de aplicações pequenas com foco na agilidade, extensibilidade e para ser facilmente testável.

por Nando Kstro Net

Porque o Codeigniter ainda é uma boa opção

Neste primeiro post no Tableless enumero vantagens em considerar o Codeigniter uma boa opção como framework PHP.

por Fernando Vargas

Entendendo o padrão MVC na prática

Exemplo prático utilizando PHP e Composer para separar o código entre as diversas camadas do MVC

por Erik Figueiredo

Formulário sem Model no CakePHP 3.x

Requisitos do artigos: – Ter o CakePHP 3 instalado ( Artigo de como instalar o Cakephp 3.x) O que aprenderemos: Como trabalhar com formulários que não necessitam de um Model. Criar uma página de contato. Formulários Na maioria das vezes, trabalhamos com formulários relacionados a um Model para persistir dados. Outras vezes precisamos validar os dados de um formulário onde não há persistência, como é no caso de um Formulário de Contato.

por Eduardo Abreu

Iniciando com Symfony 2 – Parte Final

Nesse tutorial, vamos instalar o bundle FOSUserBundle, para fazermos a autenticação para a área administrativa do nosso blog.

por Candido Souza

JAVA – Estruturas de Repetição

As estruturas de repetição também são conhecidas como laços (loops) e são utilizados para executar, repetidamente, uma instrução ou bloco de instrução enquanto determinada condição estiver sendo satisfeita. Qualquer que seja a estrutura de repetição, ela contém quatro elementos fundamentais: inicialização, condição, corpo e iteração. A inicialização compõe-se de todo código que determina a condição inicial da repetição. A condição é uma expressão booleana avaliada após cada leitura do corpo e determina se uma nova leitura deve ser feita ou se a estrutura de repetição deve ser encerrada.

por Fellipe Filgueiras

Instalando o CAKEPHP 3.0 via Composer

Instalando o CakePHP via Composer.

por Eduardo Abreu

Iniciando com Symfony 2 – Parte 09

Nesse tutorial, vamos instalar o bundle StofDoctrineExtensionsBundle, para fazermos os slugs de nossos posts.

por Candido Souza

JAVA – Estruturas de Decisão

Entenda o que são as estruturas de decisão no Java.

por Fellipe Filgueiras

Facebook API – SDK PHP na prática e preview de como aprovar seu aplicativo

Recentemente o Facebook anunciou que sua API seria atualizada para a versão 4.0 e a mesma sofreria fortes mudanças. Eis que esse dia chegou, pff! A principal dessas mudanças foi a extinção do suporte ao FQL (Facebook Query Language – uma maneira linda de fazer requisões na API) e que os aplicativos que exigissem permições de publicar na timeline e outras coisas, passariam por um processo de aprovação, parecido com o que ocorre com a AppStore.

por Marcelo Galvão

JAVA – Principais características

A simplicidade é uma de suas mais importantes características. É isso que possibilita que a sua aprendizagem possa ocorrer sem necessidade de treinamento intensos ou larga experiência anterior. Programadores com conhecimento das linguagens C e C++ encontrarão muitas semelhanças destas com o Java e o assimilarão de forma ainda mais rápida. Além disso, o código escrito com o Java é muito mais limpo do que aquele escrito em C ou C++.

por Fellipe Filgueiras

JAVA – Como plataforma

Entenda como o Java pode ser executado em qualquer plataforma.

por Fellipe Filgueiras

Iniciando com Symfony 2 – Parte 08

Nesse tutorial, vamos instalar e configurar o bundle Knp Paginator, para fazermos a paginação de nossos posts.

por Candido Souza

Iniciando com Symfony 2 – Parte 07

Nesse tutorial, vamos usar um componente do Symfony, o http-foundation, para usar UploadedFile, onde criaremos um upload de imagens para que possamos incluir em nossos posts.

por Candido Souza

Iniciando com Symfony 2 – Parte 06

Nesse tutorial vamos estruturar e estilizar nossas páginas com Bootstrap e com o mecanismo de template para PHP, o Twig.

por Candido Souza

Como fazer integração do CakePHP com Mailchimp

Aprenda como fazer integração do Mailchimp com o framework CakePHP

por Gustavo Henrique Prado Reis

Migrando do MySQL para Mongo

Breve explicação sobre como migrar do MySQL para o MongoDB.

por Elvis

Iniciando com Symfony 2 – Parte 05

Nesse tutorial vamos configurar nosso projeto, e criar a página index, para que nossos posts, sejam visualizados pelos usuários.

por Candido Souza

Alergia à SQL

Introdução Quem nunca ouviu as seguintes frases: “Escrever SQL nos dias de hoje não é uma boa prática” ou “Tente não escrever SQL, usa os recursos do ORM”, ainda não trabalhou o suficiente. O mercado de startups parece cada vez mais alérgico ao SQL, um dos recursos mais poderosos e antigos(1974!) no mundo dos bancos de dados. O que as pessoas esquecem ou escolhem ignorar é a capacidade que um banco de dados tem e pode te oferecer para resolver problemas banais.

por grillorafael

Funções extras para tratamento de Strings no PHP

Há alguns dias atrás enquanto estava contribuindo em um webservice, me deparei novamente com um problema para tratamento de strings no PHP, onde precisava fazer algumas operações extras.

por chaves_dev

Iniciando com Symfony 2 – Parte 04

Nesse tutorial vamos criar uma entidade Author e fazer o relacionamento com a entidade Post criada anteriormente, usando o componente Console do Symfony em conjundo com Doctrine ORM.

por Candido Souza

Iniciando com Symfony 2 – Parte 03

Nesse tutorial vamos criar uma entidade e fazer o CRUD para nossa aplicação, e para agilizar nosso processo, continuaremos a usar o componente Console do Symfony 2, porém, em conjundo com Doctrine ORM.

por Candido Souza

Iniciando com Symfony 2 – Parte 02

Neste tutorial veremos como o Symfony facilita nosso processo de desenvolvimento e produtividade com o seu componete console.

por Candido Souza

Iniciando com Symfony 2

Neste simples tutorial, vamos fazer a instalação do Symfony 2 e abordar alguns conceitos inicias.

por Candido Souza

API de cotações de Bolsa de Valores, Dólar e Euro

Aprenda a utilizar uma API para consulta de cotações com PHP.

por Henrique Schreiner

Yii Framework - um framework PHP profissional, rápido e seguro!

Todo desenvolvedor ao longo de sua carreira, em algum momento, faz o uso de frameworks para complementar seus projetos, reduzir tempo de produção e prover na maioria dos casos, um código limpo, profissional e de fácil manutenção. Hoje lhes apresento o Yii Framework, um framework Open-Source PHP com alto poder de desempenho e escalabilidade. Chegou a sua versão histórica Yii 1.0 em 2008 e, desde então, sua popularidade entre os desenvolvedores tem crescido cada vez mais.

por Diego do Nascimento

O que é Node.js e saiba os primeiros passos

Da instalação ao seu primeiro web server com JavaScript.

por Cosme Lopes

Upload de arquivos com PHP

Aprenda a fazer o upload de arquivos com PHP e AJAX, utilizando WideImage e Jquery Form Plugin.

por Lucas Caprio

PHP Slim Framework

Iniciando com o SLIM Framework.

por George Moura

Criando uma galeria de imagens com administração em CakePHP, Fancybox e WideImage)

Criando uma galeria de imagens com painel de administração e separada por álbuns de imagens com administração em CakePHP, Fancybox e WideImage.

por Erik Figueiredo

Deletando registros duplicados no banco de dados

Fazendo um script para apagar entradas duplicadas no MySQL.

por George Moura