Tableless

Busca Menu

Desenvolvedor analfabeto (sim, é sobre WYSIWYG)

Seja o primeiro a comentar por

A vantagem de ministrar cursos e fazer palestras é o contato com um número grande de profissionais da área. São pessoas diferentes com experiências e conhecimentos diferentes. Não é de hoje que tenho contato com desenvolvedores que ainda usam programas WYSIWYG para desenvolver seus projetos. A idéia dos programas WYSIWYG é fantástica, pena que não funciona direito.

Vai ser difícil haver programas WYSIWYG que faça um código tão bom quanto o código feito por um ser humano. Por conta disso o desenvolvedor tem que corrigir as falhas que o programa acaba causando, perdendo um bocado de tempo e fazendo com que ele não tenha controle nenhum sobre o próprio código.

Desenvolvedores que usam tais programas ficam simplesmente analfabetos. Ou seja, ele não sabe escrever um simples código HTML porque simplesmente ficou anos desenvolvendo sites no modo VISUAL e não teve contato nenhum com o código gerado. Resultado: desenvolvedores analfabetos e incompletos.
Leia bem: desenvolvedor que não sabe código HTML e CSS, não é desenvolvedor, é apenas um cara que sabe usar uma ferramenta e não sabe resolver problemas concretos. Que desenvolvedor é esse que precisa de um programa WYSIWYG para poder arrumar uma linha de código com defeito?

Costumo dizer para designers para web que bato papo por aqui que designer completo, hoje em dia, tem que saber fazer includes na linguagem que os seus programadores utilizam. Porque? Oras bolas.
O cara vai fazer o design no Photoshop, Illustrator, seja lá o que ele usa (Fireworks não, por favor!), depois, ele ataca XHTML e CSS, deixa o layout do jeito que ele imaginou, sem defeito. Logo após ele cria os includes só para o programador ficar feliz? Claro que não. Ele cria os includes porque assim ele mantém a exatidão do seu layout mesmo depois que sair de sua mão.
Ser designer de web não é só gestalt, teoria das cores e outras coisinhas… É saber HTML/CSS, saber fazer includes em PHP, ASP, PYTHON, RUBY e sei lá o quê. É saber o que é uma variável e se bobear até saber criar um if.

Isso tudo não se faz com perfeição e rapidez usando muletas WYSIWYG. O desenvolvedor fica preso num programa que o faz perder conhecimento. O desenvolvedor fica analfabeto, sem saber o que é e como faz HTML. Sem saber como funciona CSS. E isso faz parte do trabalho dele! Isso é o trabalho dele.

Se você é um destes profissionais, use algum editor de verdade. Aprenda e pratique código na unha. Se alfabetize. Isso te valoriza como profissional, te dá mais conhecimento técnico, ajuda sua empresa, seus colegas de trabalho e valoriza muito o nosso mercado.

Publicado no dia