Quais são as principais tecnologias de front-end utilizadas pelas startups

O rápido avanço da tecnologia transforma funções e exige novos profissionais a cada dia.

por Tableless 14/11/2017 Comentários

Seja para os desenvolvedores já atuantes no mercado ou para os recém chegados, é essencial acompanhar as novas tendências do mercado de startups.

O rápido avanço da tecnologia transforma funções e exige novos profissionais a cada dia.

O mercado não quer receber profissionais capacitados para apenas uma função, mas especialistas prontos para adaptação. Já se sabe que não basta compreender sobre uma única tecnologia, mas sim, sobre qual a melhor solução para cliente ou projeto. Muitas funções estão desvalorizando no mercado de tecnologia por não haver mais espaço para atuação. Isso acontece menos com os profissionais front-end pois entre o trabalho do designer e dos especialistas em back-end, o front-end developer pode atuar e se adaptar a ambos os lados. O front-end permite que, por meio de seus sistemas, como HTML e CSS, diferentes necessidades sejam sanadas, desde websites à sistemas integrados.

Como profissionais de front-end podem alcançar trabalhos e clientes relevantes num cenário de intensa modificação?

Em um índice recente do portal Technology Sacks, a variedade de tecnologias de desenvolvimento é visível. Isso torna evidente como o profissional de front-end precisa se adaptar para as mudanças do mercado e novas demandas dos clientes. Veja quais são as tecnologias mais usadas na estratégia de programação das startups:

Backbone.js

Fornece uma estrutura para aplicativos web provindo modelos com vinculação de key- value e custom events. Também possui coleções de APIs ricas e com inúmeras funções.

Conecta tudo à sua API existente em uma interface RESTful JSON.

Utilizado por: Airbnb, Coursera, Trello, HubSpot, Foursquare, entre outros.

React

É uma nova biblioteca do Facebook que permite uma nova abordagem para a criação de dynamic UIs, manutenção de estado e modularização de grandes e complexos aplicativos de JavaScript.

Utilizado por: Stripe, Tumblr, Freeletics, Uber, Instagram, entre outros.

Bootstrap

O Bootstrap é o framework HTML, CSS e JS mais popular para o desenvolvimento responsivo de projetos mobile first na web.

Utilizado por: Twitter, SmartAnalytics, DataMiner, Udacity, Appernetic.io, entre outros.

AngujarJS

O HTML é ótimo para declarar documentos estáticos, mas ele deixa a desejar quando usado para declarar dynamic views em aplicações web. AngularJS permite expandir o vocabulário HTML para sua aplicação. O ambiente resultante é extraordinariamente expressivo, legível e rápido para desenvolver.

Utilizado por: Wix, The Guardian, SmartAnalytics, DataMiner, Udacity, entre outros.

jQuery

jQuery é uma biblioteca de JavaScript rápida, pequena e rica em recursos. Ela torna as coisas como travessia e manipulação de documentos HTML, manuseio de eventos, animação e Ajax muito mais simples com uma API fácil de usar que funciona em uma infinidade de navegadores.

Utilizado por: Snipcart, WorkFlowy, Geniuslink, Playo, Redis Labs, entre outros.

A carreira freelancer como opção para desenvolvedores

A busca por bons profissionais vs o alto custo da contratação fixa abriu espaço para a contratação dos freelancers.

Quem já está no mercado recomenda a carreira autônoma pois ela possibilita que o profissional desenvolva projetos em diferentes tecnologias e perfis, aumentando assim o ganho da experiência e qualidade do portfólio. A possibilidade de trabalhar em home office, podendo dedicar-se a diferentes projetos são mais alguns dos benefícios apontados para quem opta pela carreira freelancer.

O perfil empreendedor e a escolha por uma vida profissional menos engessada preparam profissionais mais responsáveis e comprometidos com bons resultados. A necessidade e desejo latentes em manter-se atualizado é o que difere um profissional freelancer do profissional no trabalho formal. Isso torna a contratação dos freelancers muito mais interessante para as empresas e marcas, pois são profissionais preocupados com a concorrência e prontos para se destacar. E, para encontrar bons clientes, é essencial buscar canais que possibilitem boas oportunidades.

Crowd, a plataforma que disponibiliza a melhor cartela de clientes.

A Crowd, startup voltada para o mercado de Comunicação, Marketing e Tecnologia, criou uma plataforma inovadora para contratação de freelancers. Agências, startups e grandes empresas podem contratar especialistas em diversas áreas para desenvolvimento de projetos de forma remota e descomplicada. A plataforma permite que o cliente busque pelo profissional mais adequado para cada projeto e, com espaço para mensagens, empresa e freelancer podem concentrar todo o trabalho em um só lugar.

Na plataforma, o perfil de desenvolvedores representa a segunda maior busca e contratação de profissionais. Com um ticket médio acima dos R$ 3 mil, o cliente só entra em contato se já estiver interessado no que o profissional pode oferecer, evitando disputas, leilões e a diminuição drásticas nos valores contratados.

A Crowd se destaca das concorrentes como a melhor opção para quem busca diferentes desafios, ter uma renda extra ou migrar totalmente para a carreira freelancer. Conheça a Crowd e cadastre seu portfólio para trabalhar com as maiores agências e empresas do mercado no link: http://crowd.br.com/sou-freelancer/.