Um pouco sobre CSS Grid Layout

Tutorial básico da tecnologia padrão do CSS para criação de grids.

por Matheus Alves 19/01/2019 Comentários ~ 6 min. / 1134 palavras

O CSS Grid Layout é uma tecnologia do CSS que desde 2017 está presente na maioria dos principais navegadores modernos. Ela nos permite criar layouts baseados em grids de uma forma extremamente rápida, fácil e… padronizada. Apresentarei rapidamente nesse artigo um pouco das principais coisas que você pode fazer com essa feature.

Introdução

Não há segredo algum para dar início a um elemento simples. Para isso basta criar uma estrutura HTML com um container e alguns itens que farão parte do layout. Veja uma estrutura bem simples para começar:

Após isso, você terá duas opções para fazer com que o elemento .grid seja uma grid: ou você usa display: grid ou display: inline-grid. A diferença entre essas duas opções, pode-se dizer, que é a mesma entre block e inline-block.

Para o exemplo usaremos somente display: grid.

Veja o resultado:

See the Pen wRLZap by @theuves on CodePen.

Configuração básica do container

Se você olhou o resultado do código anterior, percebeu que não houve nada de interessante. Pelo contrário, tudo ficou como se você tivesse definido um simples display: block, visto que todos os itens ficaram um embaixo do outro sem nenhuma coluna definida – posto que esse é o principal objetivo do CSS Grid Layout.

Para que possamos montar a nossa grid, antes devemos definir qual será o seu formato, por exemplo: 3 colunas × 2 linhas – que é o que será usado nesse exemplo. Depois disso, usa-se a propriedade grid-template-columns para definir a quantidade de colunas e a largura de cada uma delas e consequentemente fazer a quebra de linhas que é automática.

Isso é bem intuitivo, onde percebe-se facilmente que haverá três colunas e que elas terão, respectivamente, 100px, 200px e 300px. Veja o exemplo no CodePen:

See the Pen yGdrJZ by @theuves on CodePen.

No entanto, se você quisesse colunas com larguras iguais, relativas à largura do container (onde, consequentemente, cada coluna teria cerca de 33,3% de largura), bastaria adicionar a propriedade auto para todas, ficando:

DICA: Quando você tiver um caso como esse, no CSS Grid, você terá a possibilidade de utilizar a função repeat() e economizar algumas dedadas no teclado, além de deixar o código mais atraente. Nesse caso em específico poderiamos ter usado repeat(3, auto). Veja mais sobre essa função no MDN web docs (em inglês).

Se tem grid-template-columns, certamente deveria ter também grid-template-rows. E tem! Com essa propriedade você basicamente definirá a altura de suas linhas. Sem segredos: é o mesmo sistema das colunas.

Configuração básica dos itens

Agora que foi apresentado algumas configurações para o container que abrigará os itens, é importante saber qual configuração os itens podem ter. As propriedades existentes para os itens do CSS Grid Layout se resumem simplesmente em definições para a localização e o espaço ocupado por eles. Desse modo, por exemplo, você pode fazer com um que um item ocupe o espaço de outros itens também, permitindo, assim, que você não fique preso apenas à containers quadriculados.

Para isso temos as seguintes propriedades:

  • grid-row-start - que recebe a linha vertical em que deve iniciar,
  • grid-row-end - que recebe a linha vertical em que deve acabar,
  • grid-column-start - que recebe a linha horizontal em que deve iniciar e
  • grid-column-end- que recebe a linha horizontal em que deve acabar.

DICA: Há algumas formas abreviadas para tudo isso. Você pode usar somente grid-row ou grid-column e receber dois valores de *-start e *-end respectivamente. Ou você também pode usar grid-area que recebe respectivamente: *-row-start, *-column-start, *-row-end e *-column-end separados por uma barra (/). Você pode entender melhor o funcionamento desses atalhos clicandos nos links e lendo a documentação detalhada de cada um (em inglês).

Veja um exemplo simples do que essas propriedades podem fazer:

See the Pen oJrRWq by @theuves on CodePen.

Observe que o style que define o comportamento do item 1 é:

Um código como esse pode ser um pouco contra-intuitivo, pois veja que o grid-row-end é 3 enquanto só temos 2 linhas e não 3. Isso ocorre pois o valor recebido por essas propriedades não se referem à linha DE cada item e sim à linha ENTRE cada item. Veja a ilustração abaixo para entender o funcionamento desses tipos de linha:

IFuncionamento das linhas

Desse modo, o código do exemplo mais acima inicia entre a borda e o começo da linha do item 1 e termina no final da linha do item 2.

DICA: Para facilitar o entendimento de um código como esse, poderiamos ter simplesmente usado span antes da linha do item. Por exemplo: grid-row-end: span 2. Isso deixaria mais claro que deveria terminar na linha 2 dos itens.

Distância entre itens

Se você prestou atenção no último exemplo de código no CodePen, viu que há um espaço entre os itens, certo?! Para distanciar um item de outro, você intuitivamente poderia pensar em usar margin dentro deles, porém, essa não seria a melhor solução para o problema. O CSS oferece as seguintes propriedades para fazer isso padronizadamente:

Observe que essas propriedades devem ser definidas dentro do container e não dentro dos itens. Além disso, tenha em mente que grid-gap pode receber um único valor que será usado tanto para a coluna quanto para a linha ou pode receber dois valores: um para a linha e outro para a coluna, respectivamente.

Alinhamento de itens

O CSS também nos dá a possibilidade de alinhar os itens dentro do container, tendo as propriedades justify-content (para o alinhamento horizontal dos itens) e align-content (para o alinhamento vertical dos itens). Contudo, essas propriedades não são exclusivas do CSS Grid Layout. Veja no MDN web docs a documentação delas e tenha uma experiência interativa do que cada valor pode fazer, acessando aqui (para justify-content) e aqui (para align-content).

Nomeando itens

Essa, sem dúvidas, é a parte mais interessante do CSS Grid Layout, no qual, podemos nomear cada item e fazê-los se posicionarem automaticamente no container, sem a necessidade de configurar grid-row, grid-column ou qualquer outra coisa do gênero, além de deixar o código extremamente semântico.

Para isso, basta definir a propriedade grid-template-areas como um template do itens do container e em seguida “linkar” as definições desse template dentro de cada item como a propriedade grid-area.

Veja a seguinte estrutura HTML:

E a seguinte definição CSS:

Agora veja o resultado no CodePen:

See the Pen ZVdVGP by @theuves on CodePen.

Mais informações

Isso tudo é o básico que pude colocar em um artigo de rápida leitura. Caso você queira se aprofundar na tecnologia, poderá ver a documentação da Mozilla ou da W3Schools (ambos em inglês). Há também um artigo interessante no CSS-Tricks chamado A Complete Guide to Grid (em inglês também) que você pode dar uma conferida para estudar um pouco mais.