Web.br 2012 – Empreendedorismo

Anotações sobre a palestra de empreendedorismo na web e criação de produtos da Webbr2012.

por Diego Eis 19/10/2012 Comentários

Minhas anotações sobre a palestra do Edney Sousa no Webbr 2012 sobre empreendedorismo na Web.

  • Ideias não valem nada. Ela é uma ideia, qualquer um pode ter uma ideia, principalmente uma ideia igual a sua. Pessoas não compram idéias, compram soluções. Quando a ideia é boa, ela será invariavelmente copiada por outras empresas.
  • Os melhores empreendedores atualmente são os que conseguem desenvolver tanto o produto quanto o plano de negócios.
    • * Pessoas compra soluções… soluções para os problemas de outras pessoas. Qual problema sua ideia é capaz de resolver?
      • Sua opinião não vale nada. Seu público alvo tem que gostar da sua ideia. Para qual público é sua solução e o que esse público acha?
      • Imaginar que o mundo inteiro é como você e seus amigos é uma hipótese que precisa ser provada.
      • Você pode entrevistar pessoas ou desenvolver um produto mínimo (MVP) para testar? Se você tiver um produto mínimo para ver pessoas utilizando sua aplicação, mesmo que imatura ainda é muito revelador. Fazer entrevistas individualmente é muito melhor do que fazer com um grupo de pessoas. Quando é em grupo, as pessoas ficam mais envergonhadas e acabam tomando a opinião de outras pessoas como a sua própria. É ruim.
      • Seu primeiro protótipo não vai funcionar e nem agradar 100%.
      • Parte do sucesso é transpiração. Esteja preparado para refazer ou melhorar o produto constantemente. Sempre orientado pelo feedback.
      • Não codifique por passa-tempo. Pense no business. Empreenda. Custo mínimo para desenvolver versus retorno máximo financeiro e tempo.
      • Se prepare para desistir. Esteja preparado para abandonar a ideia original e seguir novas ideias. As vezes sua ideia não é tão genial assim. As vezes o caminho é outro, diferente do caminho inicial que você teve. O público alvo deve ser seu juiz.
      • Identifique influenciadores. Talvez influenciadores tenham se interessado pelo seu protótipo.
      • Influência depende do contexto. Não adianta o cara ser muito conhecido se ele não é da área que tem relação com seu produto/mercado. Procure influenciadores dentro da área do seu produto.
      • Dicas de ferramentas: Twitalyzer, Klout (!), Peerindex, Open Site Explorer (inbound links)
      • Se o seu produto é gratuito ele não é um negócio.
      • Lance outros produtos pagos que interessem ao mesmo público alvo do produto gratuito.
      • Deixe o produto gratuito por tempo limitado, avise desde o início quando acaba o período de free-trial.
      • É fácil fazer sucesso com algo completamente gratuito, lance um produto gratuito com um pacote pago de vantagens.