Web.br 2014 – Bootstrap: Ame ou Odeie

A visão de uma back-end sobre a utilização do Bootstrap.

por Diego Eis 26/09/2014

A palestra da @hannelita foi muito interessante. Ela, como back-end, falou sobre o caso dela com o Bootstrap, mostrando os motivos que a levaram a utilizar Booststra e pontos de atenção, onde ela descobriu quais os casos para usá-lo um framework assim com cuidado.

Eu gosto bastante do Bootstrap, mas apenas em alguns momentos. Bootstrap, para mim, não serve para fazer websites. Ele é ótimo pra fazer painéis administrativos. Mas um website, que tem o design muito específico, não aconselho usar qualquer tipo de framework pronto. Abaixo seguem minhas anotações sobre a palestra:

  • Por que você usa Bootstrap? Só por que é fácil? você tem alguma razão plausível para usar bootstrap?
  • A documentação de um framework como o Bootstrap, precisa ser bem escrita e com muitos exemplos. Isso é bom p/ quem nao sabe front
  • Não faça uma documentação usando apenas o readme.md do GitHub. Faça algo decente, faz favor.
  • Documentação é importante. A ferramenta pode ser legal, mas se a documentação for um lixo, esquece.
  • Bonus: um back-end consegue fazer um site responsivo usando bootstrap. Aí o back-end fica feliz a toa. 😉
  • É muito rápido fazer qualquer coisa com o Bootstrap. Tem JS e LESS de grátis lá! 😉
  • Back-Ends conseguem aprender Bootstrap de um jeito fácil.
  • Motivos para não usar Bootstrap. 1. A separação entre conteúdo e apresentação não é muito boa.
  • Os nomes de classes não são intuitivos. Isso é um problema. Nomenclatura na verdade é o problema do mundo de desenvolvimento.
  • Problemas semânticos.
  • Os nomes de classes não são intuitivos. Isso é um problema. Nomenclatura na verdade é o problema do mundo de desenvolvimento.
  • Geralmente o problema disso é usar muitas classes para atrelar estrutura e design.
  • Muitos sites terão a mesma identidade visual. Aqui cai naquele negócio do design.
  • Você não usaria o bootstrap para fazer um site complexo.
  • Não use um framework se você não quiser usar o design dele.
  • No Locaweb Style tivemos esse problema de redesign. Nós tínhamos que reescrever parte do bootstrap para ficar com o nosso design.
  • Para mim, opinião pessoal, não use Bootstrap para fazer websites. Bootstrap é muito bom para painéis administrativos.
  • Mas aí eu sugiro usar o Locaweb Style. É bem mais bonito. 😉 http://locaweb.github.io/locawebstyle/
  • Fazer o redesign de um site que já usa um framework é muito custoso.
  • Você já usou o Bourbon Neat? É legal, mas não se compara com Boostrap. Neat é só GRID.
  • Bourbon é legal. Eu aconselho dar uma olhadinha. Aí compara com Compass… que é bem mais conhecido. http://bourbon.io
  • As vezes, na minha opinião, você só vai precisar de um framework de Grid. As vezes nem isso!
  • Tenha cautela com os Mixins do Bourbon, Compass ou qualquer outro cara desse tipo
  • Ainda há outra opção, o Foundation. O foundation pode ser comparado ao Bootstrap… Ele é minha segunda opção, sempre.
  • Escolha o framework mais adequado para o seu projeto atual. Bootstrap é interessante para sistemas administrativos
  • Se você trabalha em um projeto aberto, é muito melhor criar um framework interno, onde você faz sua semântica e organização.