Tableless

Busca Menu

Web.br 2014 – Internet das Coisas

Seja o primeiro a comentar por

Minhas anotações do debate que houve no Web.br 2014 sobre Internet das Coisas.

Internet das Coisas é algo que está ficando muito popular agora com os reloginhos, trackers e etc. Não fique preso apenas ao Google Glass. Não fique preso apenas a pequenos problemas…

  • IoT é a sigla para Internet Of Things… To falando por que vai que você não sabe, né? 😉 #webb2014
  • A internet surgiu no final da década de 70, como um projeto do departamento de defesa dos USA. Na época da guerra fria.
  • A ARPA net servia para compartilhar tempo de processamento dos computadores.
  • Desde então a internet vem evoluindo. A Web foi uma das grandes invenções vindas da Internet. Não confunda os dois, por favor.
  • A internet é muito mais uma rede de pessoas e comunidades, embora sua base seja uma rede de computadores.
  • Os computadores serão invisíveis. Assim previu o Mark Weiser na década de 80.
  • O computador estará integrado em você, no seu corpo, no seu dia a dia, ajudando em tarefas diárias.
  • Seremos como deuses da mitologia?
  • Processadores em tudo. Processadores pequenos e baratos permitem tornar muitos objetos inteligentes.
  • Hoje não temos mais carros ou telefone, temos objetos com processadores.
  • O usuário não enxerga mais os objetos como computadores, mas como objetos do dia a dia.
  • RFID: Etiquetas eletrônicas minúsculas e baratas permitem identificar objetos não inteligentes à distância.
  • Com a ajuda de processadores e RFID e outros componentes ajudam os objetos a entenderem o mundo.
  • Redes ubíquas e pervasivas. As redes e a internet estão cada vez mais presentes em todos os ambientes. O celular pode ser um hub.
  • Web das Coisas – WoT. Os dispositivos inteligentes podem ser integrados à web via HTTP, Rest/SOA e conceitos de web semântica. #webb2014
  • Demi Getschko
  • Cuidados: IPv6. Como ficam a segurança e a privacidade?
  • A internet das coisas junta aplicativos e dispositivos diversos.
  • Citação ao IFTTT.
  • Como você rastreia carga? É um problema interessante e que tem muitas variáveis, incluindo fornecedores, ambiente onde a carga passará etc…
  • O GPS não é uma solução ideal para rastreamento de carga no brasil. O rastreador está no caminhão e não na carga.
  • Colocar rastreador dentro da carga é complexo. você não tem sinal de GPS em vários pontos e precisa usar outros recursos para que isso dê certo.
  • Internet das Coisas não é só conectar aplicativos e devices. Esta é a metade do caminho.
  • A forma com que a tecnologia vem se incorporando e modificando a vida das pessoas, os apps, devices e a própria tecnologia se torna fácil de se descobrir. As pessoas encontram naturalmente.
  • A Web das Coisas vai modificar muito as formas como as pessoas interagem com o ambiente interpessoal.
  • Você não vai mudar o mundo com mais um aplicativo para celular. Ninguém precisa de mais um App para pedir comida.
  • Tente resolver um tema importante. Um problema real.
  • Existem problemas graves para serem resolvidos hoje. Alguns: lixo, transito, água, desperdício.
  • Citação ao exemplo do Playbulb Candle
  • Vivemos num momento com muitas oportunidades. Faça soluções centradas no usuário. Foque-se nos problemas reais.
  • A IoT é uma plataforma para os empreendedores e criativos que querem mudar a vida das pessoas de forma drástica.
  • Ainda não há um protocolo padrão para conversa com hardware. Não um padrão para a troca de dados hoje entre software e hardware.
  • Pode uma instituição que fiscaliza a segurança e a privacidade numa era da Internet das Coisas?
  • A indústria do hardware ainda está dormindo para a era IoT.
  • A questão de privacidade não é uma questão de boas práticas. Não é definido na sociedade o que é aceitável e não.
  • As pessoas pensam de formas diferentes sobre o que é aceitável ou não em termos de privacidade. É necessário um amadurecimento sério por parte das pessoas “comuns”.
  • A questão da privacidade é muito maior do que só a internet. Você tem cartão de crédito? Usa débito? Viaja bastante com passaporte?
  • E sobre BioHacking?
  • Dá medo do futuro do Bio Hacking, mas medo faz parte da vida. Será que isso pode fazer um mundo melhor? Esse tipo de tecnologia pode melhorar muito a vida das pessoas.
  • A tecnologia acelera a evolução da sociedade como um todo.
  • O custo de hardware aqui no Brasil ainda é muito alto. Como podemos melhorar isso? Não há muito incentivo hoje, mas tende a melhorar. Hardware é algo que fica barato muito rápido.
  • Pesquise sobre Hardware livre.
  • Uma coisa é você construir um objeto. Outra coisa é conseguir fazer uma linha de produção. Há oportunidades aí também.
  • Muitos estão planejando seus aparelhos e enviando para China. Para variar.
  • Deveríamos ensinar arduino e programação nas escolas. Junto com matemática básica. Lógica de programação na escolas, já! 😉
  • Como os devs podem fazer para que a tecnologia no Brasil evolua mais rapidamente e consciente?
  • Tem mais de 1000 desenvolvedores chineses que participam dos Working Groups @w3cbrasil para decidir futuros padrões.
  • O Software Livre revolucionou muita coisa. Foi duro no início, mas veja como está o status do SL hoje… Valeu a pena.
  • Existe um terreno de oportunidades na área de segurança gigante no #IoT
  • Design != Estética.
Publicado no dia