9 dicas para novos empreendedores

9 dicas valiosas para quem está pensando em empreender.

por Henrique Schreiner 23/07/2014

Quem trabalha com tecnologia com certeza já pensou em entrar para esse vasto mercado com seu próprio produto ou serviço, na tentativa de gerar valor para uma nova ideia ou uma empresa.

Mas quando o assunto é montar seu próprio negócio, surgem muitas duvidas por onde começar e quais seriam os passos a serem dados para que esse objetivo se torne realidade.

Pra quem se empenha em fazer o dever de casa, é possível criar e manter uma empresa saudável e competitiva no mercado, principalmente se tratando de uma empresa de tecnologia, área tão visada e explorada atualmente.

Realizando uma pesquisa nos principais sites de empreendedorismo, pude criar uma lista de 9 principais dicas para te ajudar a alavancar essa ideia encubada na cabeça:

1 – Faça Suas Apostas Baseando-se na Experiência de Mercado

Talvez a ideia seja boa, mas pode acontecer de você não ter a mínima noção de como desenvolver o produto ou que tipo de tecnologia usar para desenvolvê-lo. Na falta de experiência na área, o jeito é conhecer alguém ou um sócio que possa te ajudar com experiência e conhecimento ou buscar serviços de empresas de consultoria especializadas no ramo desejado.

2 – Esteja Preparado

Não adianta querer saber o quadrado da hipotenusa sem antes saber qual é o quadrado dos catetos. A busca de conhecimento e capacitação devem ser uma das principais metas a serem cumpridas. Investir em cursos de capacitação e eficiência ajuda a enfrentar os obstáculos com mais determinação e com maior capacidade e rapidez na hora de tomar decisões importantes, identificar problemas e solucioná-los da maneira mais rápida e econômica possível.

3 – Planeje Primeiro

“Se não sabe onde quer chegar, qualquer caminho serve” já dizia o Gato de Cheshire em Alice no País das Maravilhas. Este provavelmente seja um dos principais motivos que levam empresas novas ao “falecimento” precoce, a deficiência na hora de planejar. Trace metas, crie planos de negócio que agreguem valor ao seu produto, pesquise o que há no mercado atualmente antes de qualquer coisa, para não correr o risco de se engajar em algo que já não é mais novidade e que não seja um diferencial que chame a atenção de possíveis clientes ou investidores.

4 – Prepare-se para Investir

é muito importante ter consciência de que uma hora ou outra você vai ter que gastar dinheiro. Para isso, definir uma estrutura operacional e financeira para a empresa é uma maneira de evitar jogar dinheiro fora. Estudar provisões rentáveis da empresa, investimentos e custos vai ajudar muito o negócio nos primeiros anos de vida, fazendo com o que o motor dos negócios não fique sem gasolina e que o barco da empresa não fique à deriva. Tenha em mente custos com serviços de terceiros, contratações de funcionários, marketing, etc.

5 – Agregue Valores ao Seu Produto

Faça a si mesmo as seguintes perguntas: “O que faria um cliente se interessar pelo meu produto?”, “Como eu posso ganhar a preferência das pessoas?”. Saber a resposta para essas perguntas é muito importante, pois facilita a identificação do seu público alvo e irá ajudar na hora de implementar novas estratégias e regras de negócio.

6 – Saiba Diferenciar o Que é Seu e o Que é da Empresa

Como já dizia o velho e conhecido “refrão”, não confunda “centavos novos” com “sentar nos ovos”. Saiba diferenciar suas finanças e despesas pessoais com as da empresa. Seguir a risca um cronograma financeiro de pagamentos de funcionários e contas da empresa irá ajudar a economizar o capital e a não desperdiçar dinheiro. Incluir-se no quadro de pagamento dos funcionários e manter datas fixas de pagamentos são boas maneiras de evitar gastar dinheiro à toa.

7 – Prepare-se para Despesas Não Planejadas

Apesar de você manter um bom planejamento e controle sobre o dinheiro, haverá sempre despesas que não foram previamente incluídas no orçamento inicial. Estar preparado para gastos não planejados como compra de novos equipamentos (por necessidade ou por falha/defeito), oportunidades de última hora que exigem investir dinheiro, irá manter a empresa e os negócios nos trilhos.

8 – Procure Saber Exatamente Onde Investir

Não adianta também ter dinheiro e não saber o que fazer com ele. Geralmente é o que acontece com a maioria dos empresários e empreendedores. Procure priorizar a capacitação dos funcionários da empresa, estratégias de marketing e a estrutura da empresa, pois são coisas referentes diretamente ao cliente e a manutenção e ao contínuo funcionamento da empresa.

9 – Mantenha a Calma e Não Seja Ansioso

Não deixe que o nervosismo e a ansiedade atrapalhe os negócios e prejudique seu produto ou serviço antes mesmo de ser conhecido pelos seus clientes. Pode ser que os resultados demorem a aparecer, mas não deixe que isso prejudique sua vontade de trabalhar, atrapalhe a busca por novos conhecimentos e vontade de inovar.

Seguindo estas dicas, tenho certeza que o sucesso do novo empreendimento estará mais próximo de ser alcançado.

Boa sorte e bons negócios!