posts do autor Thiguetta

Criando seu próprio servidor HTTP do zero (ou quase) – Parte Final

Na última parte deste tutorial, aprenda sobre threads e como transformar seu servidor para receber múltiplas conexões.

por thiguetta

Criando seu próprio servidor HTTP do zero (ou quase) – Parte III

Estamos entrando na terceira parte do tutorial, e quem está acompanhando até aqui já sabe então como funciona a comunicação entre cliente e servidor, envio de requisição pelo cliente e recebimento de resposta (na duvida só voltar e releia a Parte I e/ou Parte II), porém o que a gente quer é criar o servidor, receber as requisições e enviar a resposta ao cliente. O Servidor A idéia do servidor é bem simples e estende a do cliente, como assim?

por thiguetta

Criando seu próprio servidor HTTP do zero (ou quase) – Parte II

Se chegou até aqui é por que você terminou de ler a primeira parte do tutorial (Caso não, leia a Parte I ), mas não desista, a parte legal vai chegar, mas antes de começar, falta mais um item de teoria – sim eu sei que é chato, mas juro que é importante – os Sockets. Sockets e portas Falamos muito de requisições e respostas no último post mas ainda não falamos de conexão e troca de informações.

por thiguetta

Criando seu próprio servidor HTTP do zero (ou quase) – Parte I

Sou apaixonado por tecnologias livres e como sou extremamente curioso, gosto de saber como as coisas funcionam. Como também sou cinestésico, não me contento em apenas em entender, tenho que criar, recriar, escrever, rescrever, inventar, reinventar, enfim sentir realmente como se faz. Nesse vai e vem de aprendizado, minha última curiosidade foi entender como os servidores HTTP funcionam e criar um do zero (ou pelo menos quase). É claro que para fazer isso eu não fui tão lá embaixo a ponto de utilizar C, utilizei da linguagem de programação da qual me sinto mais confortável e que já oferece algumas facilidades que em C teria que sangrar pra fazer o mesmo porém não impossível, mas enfim, optei por desenvolver em Java, os passos vou contar pra vocês aqui, mas utilizando os mesmo conceitos nada impede que utilize qualquer outra linguagem de programação.

por thiguetta