Tableless

Busca Menu

Nada de Capa – Quando a firula é mais do que a função

Seja o primeiro a comentar por

Quem assistiu a animação da Pixar “Os Incríveis” conhece essa cena do vídeo. Nela o Sr. Incrível vai até a estilista Edna Mode para remendar o seu uniforme velho, mas ela o convence a criar um novo uniforme. Ele aproveita a deixa e pede para ela criar uma roupa clássica bem legal com capa e botas, quando ela berra a famosa frase:

Nada de capa!

À partir daí a Edna cita uma relação de vários heróis que foram detonados por causa da capa. Homem-Trovão, Mega-Homem, Dinamite, entre outros e todos foram traídos pela falta de utilidade da capa em seus uniformes. Se pensarmos bem, a capa não tem valor funcional nenhum aos heróis, a não ser pela estética. Ainda que eu esteja falando de algo que não existem na verdade, alguém já viu alguma profissão onde a capa faz realmente alguma coisa? Não né!

thumb-nada-de-capa-quando-a-firula-e-mais-do-que-a-funcao-002

Mas acreditem, sites também possuem capas

Desde que a Internet comercial existe, designers do mundo todo tentam mostrar a sua arte através dos layouts em sites. Não muito distante o Flash reinava nessa época. Era incrível ver aqueles sites animados com vários efeitos especiais e música tocando ao fundo. Era legal demais né!? #sqn

Flash, Ajax, jQuery, e atualmente o Parallax. Os designers “pira” nessas bagaça!

Eu me pergunto para quê tanta firula? Ninguém entra na Internet e diz “Nossa, estou doido para entrar naquele site lindão cheio de animação“. NINGUÉM quer isso! O usuário quer apenas encontrar o conteúdo desejado. É simples assim.

Claro eu concordo, eu sei que existe exceções. HTML5 está aí para provar isso! Sei que nessas mesmas linguagens e técnicas há bons trabalhos, da mesma forma como há bons profissionais trabalhando com cada um desses exemplos. A questão que eu vejo é que o foco está errado. Muita gente trabalha desse jeito por dominar essa ou aquela linguagem ou está acostumado com determinada técnica, quando quem deveria definir como o projeto tem que ser é o usuário!

É ele o foco de tudo!

thumb-nada-de-capa-quando-a-firula-e-mais-do-que-a-funcao-001

Isso para não falar das inúmeras plataformas em que um site roda hoje em dia. É desktop com zilhões de resoluções, netbooks, tablets, smartphones e outros tipos de tela. E não me venham com a frase pronta “Ah, ninguém vai entrar no site da minha empresa pelo XBox!” que não cola mais ok!

Mas e aí, qual a solução?

É preciso entender para QUEM vamos projetar nossos sites. É à partir da decisão clara do público é que definimos que tipo de tecnologia iremos usar, inclusive das citadas antes. Basta lembrar de como os famosos ‘banners’ em formato de ‘slider’ que ocupam uma parte significativa da página inicial de muitos site e analisem criteriosamente a taxa de conversão dos mesmo e se pergunte o quanto vale tê-los por lá.

Se você não souber essa resposta, pense que você precisa levar um foguete até a Lua e possui recursos limitados em terra e precisa trabalhar com o mínimo possível para chegar até lá. Cada consumo de energia e espaço será determinante para o fracasso ou sucesso dessa empreitada. Com site é a mesma coisa!

Então repita comigo designer: NADA DE CAPA!

Da próxima vez que você pensar em enfeitar o seu site com uma bela capa, pense em quantas vezes essa “belezura” vai fazer requisição no banco de dados, o tempo que o site levará para carregar por causa dela, o como o usuário interagirá com a capa, e só depois disso me diga se ainda sim vai usá-la.

Até o próximo artigo!
😀

Publicado no dia