Tableless

Busca Menu

Se virando pra testar – Parte 1: Screenshots

Seja o primeiro a comentar por

A hora de testes é um parto. Você sabe. Quem nunca tremeu na base quando ouviu aquela frase: – Vixi, o site está quebrado no mac.
ou: – Nem queira ver o site no Linux.

Eu sei que hoje em dia os browsers estão cada vez mais confiáveis e muito parecidos entre si. Mas mesmo assim ainda acontecem algumas peculiaridades não planejadas, ainda mais quando estamos migrando tanto nosso conhecimento quanto nosso site para os Padrões Web. Portanto, ter algumas ferramentas para testar os sites em outros navegadores é essencial para quem pensa em trabalhar com web.

Nesta primeira parte vou indicar alguns sites que lhe fornecem um “favor” que geralmente você pede a alguém da sua lista de MSN: Screenshots.
Na hora do desespero, eu já cansei e caçar pessoas que tinham Mac e pedir a elas que visitassem um certo endereço e que tirassem um simples screenshot. Uma coisa chata de se pedir, porque normalmente a pessoa está ocupada com alguma tarefa e você ali, na fúria do desespero que só um desenvolvedor estressado pode ter, nem liga pra isso.

BrowserCam

http://www.browsercam.com/

Este é pago, mas você pode ter uma conta trial que dura 24 horas. Tempo mais do que bastante para resolver seus problemas. Ou não.
Ele é muito, mas muito completo. Você consegue criar projetos e guardar seus screenshots. Pode compartilhar esses projetos para algumas pessoas ou tornar ele público.

Fazer vários screenshots é uma tarefa relativamente fácil, já que você pode colocar várias URLS ao mesmo tempo ou pedir simplesmente que ele saia navegando nos subníveis do site automagicamente.

O coletânea de sistemas e browsers é muito vasta. Começa com um Linux Fedora Core 4 e vai até Windows Vista RC2.
Neste caso, o que mais vai interessar são os browsers que ele suporta, que vai desde IE4 de Win98, até os browsers mais atuais como Firefox 2.0.
Tem até um Netscape 4.7 perdido ali no Windows 2000.

Escolhe se você quer ver com a versão do browser com Flash ou sem flash, qual resolução (de 640×480 até 1280×800), se quer ver apenas a tela do browser ou uma foto do desktop inteiro, escolhe formato da imagem (bmp, jpg ou png), escolhe o delay para tirar o screenshot. Se página tiver uma barra de rolagem, você pode até escolher quantos pages downs ele vai pressionar antes de tirar o screenshot.

Muito completo, né?
Se você estiver trabalhando como freela ou estiver em uma empresa que não tenha mac ou nenhum linux para poder fazer 5 minutos de testes, pagar a licensa pode ser uma boa pedida. Um serviço espetacular que pode salvar a vida.

Browsershots

http://browsershots.org/

Este é grátis. Tem menos opções que o Browsercam e é um serviço é mais simples. Mas se você estiver com pressa e seu teste não for muito cabeludo, ele pode te ajudar. O site conta com uma versão para português.

Ele está em versão alpha e já de cara você pode colocar o site pra testar. As opções de browsers se resume em: Firefox 1.5 pra linux, Konqueror para linux e IE6.0.

Você pode escolher a resolução, quantidade de cor, se o javascript vai estar ligado ou não, se tem flash, se tem quicktiem, media player e etc… entre outras opções pingadas.

Me parece que os screenshots ficam dispostos ao público, o que não é muito legal se você está fazendo um projeto que requer um tanto de sigilo e a fila de espera também é um bocado grande.
Como ainda é um produto Alpha, não podemos esperar tantas coisas quanto o BrowserCam, mesmo assim é um ótimo serviço.

Um ponto ruim nestes serviços, principalmente no Browsercam, é que se você for fazer um grande volume de screenshots, você pode ficar muito, mas muito tempo esperando. Era isso que me fazia preferir outras formas de testar. Mas se isso não for problema para você (vai ser, uma hora ou outra), manda bala, vale a pena.

Publicado no dia