Tableless

Busca Menu

O Product Owner deve estar na Sprint Retrospective?

Seja o primeiro a comentar por

Existe uma polêmica entre os usuários da metodologia e na comunidade agilista quanto a não participação deste membro na retrospectiva. Pense um momento nesta hipótese:

“Scrum Master em conjunto com o time de desenvolvedores, decidem que testers não farão mais parte das retrospectivas. Eles não são necessários, pois eles não são parte do time, suas atividades são diferentes das de desenvolvimento e seus feedback’s são irrelevantes.”

Pensou? É tão estranho de criar a hipótese quanto de praticá-la, certo?!
Então porque você deveria cogitar deixar um membro do time como o Product Owner de fora da cerimonia onde de acordo com o Principles behind the Agile Manifesto, “a equipe reflete sobre como se tornar mais eficaz e então refina e ajusta seu comportamento de acordo.”.

Em seu livro ‘Scrum – Gestão Ágil para projetos de Sucesso‘ Rafael Sabbagh apresenta dois motivos a serem observados, em um momento quando um P.O. não colaborativo poẽm-se em um nível hierárquico superior ao time e assim causa intimidação no restante do time e um segundo motivo quando a intimidação ocorre em sentido oposto, e o mesmo vira alvo de reclamações e acusações. Para ambos motivos, o autor oferece a solução: o Scrum Master, é dele o papel de facilitar e garantir uma participação efetiva de todos os membros do time e impedir que estas disfunções ocorram.

Podemos citar um exemplo em que o Product Owner tenta interferir diretamente nos estudos de técnicas para automação de deploy implantadas pelo time, alegando que estas impactariam no tempo de desenvolvimento e acarretariam no atraso da sprint release e consequente entrega do produto final. Também é possível analisar esta situação pelo lado oposto, onde o time de desenvolvimento aborda aspectos e informações técnicas corrompendo a visão holística do P.O.. Faisal Mahmood, em seu artigo Should the Product Owner Attend Daily Scrum, Product Owner and Team Engagement, sinaliza o que será a solução para o cenário apresentado acima, o Product Owner não precisa estar presente o tempo inteiro da cerimonia, bastando que ele pratique um ‘step aside‘ e se retire da sala enquanto da liberdade ao time de abordar assuntos estritamente técnicos e que por muitas vezes não pertencem ao cotidiano deste importante papel dentro do Scrum.

Portanto, quando você deixa de incluir seu Product Owner na retrospectiva ele perde uma importante oportunidade de receber/oferecer um feedback ao time, dificultando a consolidação de um dos pilares do Scrum que é o processo de transparência, inspeção e adaptação, gera distanciamento do P.O. com o time, acarretando problemas de comunicação e relações no dia a dia, e na minha opinião, a pior das consequências, permite ao time desenvolvimento ter a falsa idéia de que o Product Owner é um mero proxy de demandas e não faz parte do Time de Scrum.

O P.O. não só pode, como deve estar presente na cerimônia. Espero e desejo que sua próxima retrospectiva, todos os membros do seu Time de Scrum estejam presentes!

Publicado no dia