patrocínio:

8 dicas para aumentar a eficiência de seus e-mails

Garanta que seus e-mails sejam abertos.

por Tableless 19/11/2017 Comentários ~ 5 min. / 984 palavras

Um dos problemas mais comuns enfrentados por profissionais de marketing digital ao tentar impactar pessoas com seus produtos ou soluções, é garantir que eles estejam abrindo suas mensagens de e-mail marketing.

A abertura de seus e-mails é dependente de uma grande quantidade de fatores. Enquanto a razão mais óbvia é o título do e-mail que você está enviando, existem várias outros fatores bem mais sutis, porém igualmente importantes. Um ponto importante de se ter em mente é que a abertura dos seus e-mails não vai depender apenas da mensagem em específico que você está enviando, mas sim de toda a experiência que cada usuário teve com sua marca. Por exemplo, para o usuário de nada adianta sua marca possuir um e-mail super chamativo e com um título relevante se nas últimas semanas você lhe enviou uma dezena de e-mails inúteis. Na prática, o assinante vai simplesmente deletar seu e-mail sem nem o abrir. Isso não quer dizer que o título do seu ultimo e-mail esteja ruim.

Separamos alguns pontos de atenção para você garantir de seu público estar engajando cada vez mais com suas mensagens:

1 - O tempo desde que o usuário se inscreveu no seu site:

É extremamente difícil manter o interesse de todos os assinantes por um longo período de tempo. No geral, aqueles que se inscreveram mais recentemente são mais propensos a abrir seus e-mails que aqueles que seguem seu site/blog já faz vários anos.

Mesmo você fazendo um ótimo trabalho de engajamento, é muito provável que seus usuários exibam esse comportamento. O importante é você ter esse padrão em mente, saber que usuários recentes tendem a ser mais engajados e em seguida garantir que eles fazem parte da sua estratégia. Jamais deixe de enviar e-mails para seus usuários nos primeiros dias após terem entrado na sua base.

2 - Dê boas vindas aos seus assinantes:

Após terem se cadastrado na sua base de newsletter, uma estratégia simples para fomentar o engajamento dos usuários com seus e-mails é enviar uma mensagem de boas vindas, contando um pouco sobre você, seu projeto e que tipo de conteúdo ele irá receber dali pra frente. Dessa forma, você cria um relacionamento, alinha expectativas e dá um toque pessoal na interação com seus assinantes.

3 - Estimule seus assinantes a adicionar seu remetente à lista de contatos

Mesmo que seu conteúdo e estratégia sejam excelentes, não existe uma fórmula mágica de garantir que seus e-mails serão de fato entregues ou que terão passado por todos os filtros anti-spam existentes no mercado.

Uma boa tática é solicitar que seus leitores tomem algumas medidas simples para que seu e-mail seja sempre entregue. Por exemplo, se o seu leitor possuir um e-mail Gmail você pode solicitar que eles adicionem seu e-mail a sua lista de contatos conforme foto abaixo:

Existem algumas outras configurações possíveis que vão variar de provedor para provedor, mas, vale a pena você pesquisar mais sobre o assunto.

4 - Frequência de envio

Um paradigm que precisa ser quebrado é o que seu negócio precisa obrigatoriamente enviar 1 e-mail todo dia para seus usuários. Muito pelo contrário, envie e-mail somente se você tiver conteúdo relevante para compartilhar com seus assinantes: uma oferta imperdível, uma coletânea das melhores postagens do seu blog, um evento/feira que está se aproximando etc.

Algumas profissionais se sentem pressionados em estar diariamente falando com seus assinantes, o que na maioria das vezes não é relevante. No geral, enviar mensagens de baixa qualidade ou com conteúdo pouco relevante só vai fazer com que seus leitores desistam de ler seus e-mails. Por outro lado, não é recomendado que você fique muito tempo sem conversar com seus assinantes, pelo simples fato que eles vão esquecer da sua marca e de criar uma rotina para ler seus e-mails.

5 - Não transforme e-mails em redações:

De verdade, não perca seu tempo com isso. As pessoas simplesmente não leem e-mails longos e, na maioria dos casos, eles vão apenas olhar imagens e focar em alguns pequenos blocos de conteúdo. No geral, e-mail curtos e diretos são os mais eficientes. A grande minoria das pessoas leem um e-mail e ponta a ponta - quanto menos o leitor tiver de rolar a página, melhor.

Se o conteúdo de fato precisa ser algo mais longo e detalhado opte por utilizar uma página de destino com o conteúdo complementar.

6 - Não se esqueça de testar: Teste. Teste. E teste de novo. Nunca envie seus e-mails sem realizar antes um teste. Pensa em cada e-mail como uma oportunidade de aprendizado. Faça testes de título, de conteúdo e/ou de horário. Talvez hoje seus e-mails não possuam uma boa taxa e abertura simplesmente porque você está abordando o assunto de maneira errada, porque não tem utilizado as palavras corretas ou porque seu conteúdo não está bom o suficiente. Você somente vai descobrir as melhores práticas para o seu negócio testando.

7 - Nunca se esqueça do "Call to action":

Call to action é o nome dado ao botão que exige que o leitor tome uma ação. No geral, é algo como "Clique aqui", "Saiba mais", "Participe" etc. A boa prática é que esses botões sejam claros, destacados, facilmente reconhecível e que deixem claro ação necessária pelo usuário

8 - Tenha certeza que seu e-mail é adaptado para smartphones: Nada mais frustrante que abrir um e-mail e ele estar em um formato difícil de ser lido. O conteúdo pode até ser interessante, mas, a dificuldade para encaixar a mensagem na tela de uma forma legível é horrível e provavelmente vai fazer seu leitor desistir antes de visitar seu site. Tenha certeza que o conteúdo do seu e-mail é responsivo (se adapta para telas de celulares e smartphones), que possui um tamanho que seja adequado para ser lido em desktop (algo próximo de 600px é o mais recomendado) e que todo o conteúdo foi pensado também para a experiência em uma tela menor.